Renovada, perua Golf Variant virá com mais equipamentos, mas mantém motor 1.4 TSI de 150 cv

Um dos nove lançamentos da Volkswagen prometidos para este ano, o Golf terá uma atualização no design e aumento na oferta de equipamentos no Brasil. Seu lançamento se aproxima, com flagras cada vez mais comuns dos carros de teste circulando pelo país. É o caso da perua Golf Variant flagrada pelo nosso leitor Orlando Ortiz em São Paulo (SP), sem qualquer camuflagem.

 

 

Apresentado na Europa no começo do ano, o Golf 2018 conta com uma leve modificação no design, mais focada em para-choque e faróis, com novos feixes de LEDs. As lanternas também passam a contar com LED em todas as versões. O interior muda bem mais, recebendo o painel de instrumentos digital, com tela TFT de 12,3” usado no sedã Passat, e a nova central multimídia de 9,2” que pode ser controlada pela tela touchscreen ou por gestos – ambos devem aparecer apenas como opcionais.

Leia também:

As diferenças entre o Golf brasileiro e o europeu aparecerão na motorização. No Velho Continente, ele estreia o novo 1.5 TSI, uma evolução do 1.4 TSI usado por aqui, com injeção direta associada ao turbo de geometria variável e desativação de cilindros. Por aqui, continuaremos com o 1.4 de 150 cv produzido em São Carlos (SP), para não elevar ainda mais os preços. No caso do hatch, ele deve apostar no 1.0 TSI de 125 cv como opção de entrada, aposentando a versão com o 1.6 MSI. Já o Golf GTI virá com o 2.0 atualizado, com 230 cv.

A agenda cheia da Volkswagen para o ano cria expectativa que toda a linha Golf renovada seja lançada até o mês de outubro, para não empatar com a chegada da nova geração do Polo, previsto para novembro. E a marca ainda tem a Amarok V6 na lista, já apresentada no Salão de Buenos Aires (Argentina), onde é fabricada.

Fotos: Orlando Ortiz

Texto: Nicolas Tavares

Seja parte de algo grande

Flagra linha VW Golf 2018

Foto de: Redação