Submarca de alto desempenho da Honda, não limitada ao Civic, foi criada em 1992

GTi, STi, AMG, Renaultsport e RS – cada um vem com sua própria reputação para máquinas de alta performance. Em 1992, Honda criou o Type R, uma marca que entra nesta lista das mais notórias. Veja tudo o que você precisa saber sobre o Type R.

O primeiro Type R foi um NSX

O Honda NSX já havia se estabelecido como um tipo de anti-Ferrari em seus primeiros três anos de vida, mas a Honda queria melhorar ainda mais seu desempenho e batizou seu primeiro modelo especial de 1992 como NSX Type R. Esse R é de “Racing”.

Produzido em quantidade limitada para o Japão, o Type R original era um supercarro hardcore. Reduziram seu peso drasticamente, em 120 kg, descartando os vidros elétricos, ar-condicionado, rádio e todo o resto do sistema de som.

Deu origem ao NSX-R, produzido em 2002 com alterações na carroceria para melhorar a aerodinâmica. Foi a última versão antes de a primeira geração do esportivo sair de linha.

 

25 Years of Type R

Um coração VTEC

Muitos fãs do Type R proclamam as virtudes do motor VTEC. Significa Variable Valve and Lift Electronic Control (Válvula Variável e Controle Eletrônico de Distribuição), um sistema inovador que muda o perfil do motor para melhorar seu desempenho. O resultado é o conhecido impulso que sentimos quando o potencial do carro é liberado.

25 Years of Type R
25 Years of Type R

O H vermelho

Cada um dos modelos Honda Type R recebe o logo H na cor vermelha, ao invés do tradicional, como uma homenagem ao primeiro carro da marca na Fórmula 1.

O RA272 liderou o Grande Prêmio do México de 1965 do começo ao fim e rendeu a primeira vitória da Honda na F1. Muitos Type R também recebem a mesma pintura branca Championship White que enfeitava o monoposto.

 

25 Years of Type R

Type R na pista

O NSX foi utilizado para competir em várias categorias de Gran Turismo do Japão, mas foi nos campeonatos de turismo que a submarca realmente fez o seu nome.

As versões Type R do Integra e do Civic venceram quatro campeonatos do British Touring Car Championship – cada um ganhou duas vezes. E o Civic caminha para faturar seu terceiro troféu neste ano.

Participações no World Touring Car Championship renderam várias vitórias e voltas mais rápidas. Promete ser bem-sucedido na categoria TCR, criada em 2015.

Está de volta à América

Em 1997, o Type R fez sua estreia nos Estados Unidos sob a marca Acura, com o cupê Integra Type R.

Construído para cumprir as normais de homologação da FIA para carros de corrida, 3.823 unidades foram vendidas nos EUA. Pela engenharia envolvida em cada exemplar e o baixo volume de vendas, a Honda teve prejuízo com cada um que foi vendido.

A produção do Integra foi encerrada em 2011 e, para os norte-americanos, foi o último Type R oficialmente disponível... até a chegada do novo Civic Type R.

O novo Type R, baseado na 10ª geração do Civic, é um hot hatch de 310 cv. Disponível para os gringos, deixou de ser um fruto proibido. Para nós, brasileiros, fica a esperança de a Honda seguir em frente com o plano de trazê-lo para cá.

 

25 Years of Type R

25 anos do Type R

Aqueles de vocês que são bons de matemática já concluíram que 2017 marca os 25 anos desde o primeiro Type R.

Neste período, nós vimos supercarros únicos, sedãs potentes e hatchbacks esportivos entrarem orgulhosamente para a família Type R. Eles se tornaram alguns dos favoritos dos entusiastas.

A lendária confiabilidade da Honda, aliada a um desempenho único para o segmento, faz com que a marca seja uma escolha popular para aqueles que querem levar seus carros para a pista de corrida.

 

25 Years of Type R

O que vem por aí?

Diversas entrevistas com engenheiros deram a dica de que a Honda quer expandir a marca Type R.

Versões ainda mais fortes do Civc Type R, inclusive com tração integral, são uma possibilidade. A geração atual terá uma vida mais longa do que seus antecessores e a Honda precisa competir com o que tem de melhor.

O último NSX híbrido é um dos candidatos mais cotados para receber o tratamento do Type R, em um retorno ao supercarro no qual tudo começou.

Se o modelo mais recente for tudo o que promete, os fãs do Type R devem ficar excitados pelo que vem por aí – mas não fique esperando por um Fit Type R. Algumas coisas devem continuar sagradas.

Leia também:

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande