Versões mais caras com motor 2.0 turbodiesel são as preferidas

Se no Brasil o Compass acumula vendas recordes e participação crescente no segmento de SUVs, a situação na Índia não é nada diferente. Praticamente estreante no promissor mercado local (a primeira concessionária foi aberta em setembro do ano passado), a Jeep tem recebido encomendas além da expectativa. Só na primeira semana de vendas, por exemplo, o SUV teve algo em torno de 1.000 unidades reservadas no país. Neste fim de mês, dados atualizado mostram que a fila de clientes interessados cresceu e já passa da casa dos 4 mil.

Leia também:

Os números ganham ainda mais relevância quando analisados dois fatores em especial: o tamanho da rede e a oferta de versões. Conforme explica o site Autocar Índia, a Jeep conta com apenas 50 lojas no país (boa parte delas conjugadas com a Fiat) e as versões diesel do Compass (exatamente as preferidas por 60% dos clientes) só são oferecidas com câmbio manual de 6 marchas. A transmissão automática de 9 posições chegará ao catálogo apenas em janeiro de 2018.

 

Jeep Compass - Índia

 

Produzido localmente, o SUV pode ser comprado nas variantes Sport, Longitude e Limited. A outra oferta de motorização inclui o propulsor turbo 1.4 MultiAir, de origem Fiat, com potência de 162 cv e opção de câmbio DCT de 7 marchas e dupla embreagem. A tração 4x4 com tecnologia Active Drive também está presente, mas contempla apenas as versões turbodiesel. Além do mercado local, a fábrica de Ranjangaon abastecerá países como Reino Unido, Japão, Austrália e África do Sul.

 

Jeep Compass 2018

Médio no porte, popular nas vendas

Traçando um paralelo com o Brasil, não podemos deixar de falar sobre a performance comercial do modelo no mercado nacional. Isso porque, apesar de ser um SUV de tamanho médio e custar entre R$ 105.990 e R$ 158.990, não é exagero dizermos que o Compass vende praticamente como um hatch popular por aqui. Para efeito de comparação, o Fiat Mobi (preço inicial de R$ 34.210) acumula neste ano 29.361 unidades entregues, enquanto o Jeep vendeu até agora 25.758 exemplares. Até o fim do ano, não será difícil para o SUV pernambucano superar o subcompacto mineiro.

Fonte: Autocar Índia
Fotos: Rushlane e arquivo Motor1.com

Seja parte de algo grande