Executivo praticamente confirmou todos os rumores levantados até agora

Dando sequência aos rumores levantados desde o início do mês passado, o que se viu hoje foi praticamente a confirmação oficial de todas as informações até então tratadas como especulação. Em entrevista concedida à agência Automotive News, o CEO da Ferrari, Sergio Marchionne, falou abertamente sobre a chegada do tal "veículo utilitário" da Ferrari e , sem titubear, disse que ele não seria "nada mal" em termos de receita e margens de lucro para a marca. O curioso é que, até pouco tempo atrás, esse assunto era tratado como tabu dentro da empresa - e o próprio executivo chegou a falar em tomar um tiro (relembre aqui).

Leia também:

Tamanha mudança de postura parece ter sido incentivada pela crescente demanda por SUVs em todo o mundo - e, claro, pelos polpudos resultados financeiros que esse mercado traz. Ainda assim, a marca evita ao máximo fazer uso da famigerada sigla e diz que não seguirá caminho parecido com o da Porsche ou o da Lamborghini. "Seja o que for, não será capaz de escalar rochas. Será algo do mesmo calibre de todos os outros produtos que já fizemos", disse Marchionne.

 

2017 Ferrari GTC4Lusso T

 

Questionado mais a fundo, o executivo declarou que será um modelo "para poucos clientes selecionados" e com legítimo "estilo Ferrari". Mais detalhes serão divulgados no início do ano que vem, quando será apresentado um ambicioso plano estratégico de expansão. 

Fonte: Automotive News

Seja parte de algo grande