Inteiramente preta, série limitada da picape terá apenas 2.500 unidades para a Europa

Uma das novidades da Ford para o Salão de Frankfurt (Alemanha), em setembro, será uma versão especial da Ranger chamada Black Edition. Como o diz o nome, a picape média recebe uma pintura preta não só na carroceria, como também nas peças que normalmente têm acabamento cromado. Será vendida de forma limitada, com apenas 2.500 unidades produzidas. Não há previsão de ser oferecida no Brasil por enquanto.

A Ranger Black Edition é baseada na versão topo de linha Limited, com os mesmos equipamentos. Conta com central multimídia Sync 3, tela sensível ao toque de 8 polegadas, sensor de estacionamento, câmera de ré, navegação por GPs, ar-condicionado dual-zone, bancos de couro, sete airbags, controle de cruzeiro adaptativo e outros itens. Nessa edição especial, não recebeu nenhum equipamento extra, tanto de tecnologia quanto de acabamento. Segue com o motor 3.2 Duratorq turbodiesel, de 200 cv a 3.000 rpm e 47,9 kgfm de torque a 1.750 rpm, acoplado ao câmbio automático de 6 marchas e tração integral.

Leia também:

No momento, não há confirmação de que a Ford do Brasil vá vender a Ranger Black Edition por aqui. A marca apresentou outro conceito no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro passado, a Ranger Wildtrack. Na época, fontes ligadas à fabricante disseram que o sua produção ainda estava em estudo, apesar de o modelo existir em outros lugares do mundo, plano que não seguiu em frente.

Fotos: Divulgação

Seja parte de algo grande

Ford Ranger Black Edition