Versão intermediária foi a única a sofrer aumento de preço

Apesar de estar há poucas semanas no mercado, o estreante compacto Kwid, da Renault, parece já ter adotado a prática de aumentos mensais cada vez mais comum entre as montadoras instaladas no Brasil. Conforme consta no site da marca, o valor cobrado pela versão intermediária Zen durante o lançamento sofreu um reajuste de R$ 600 e agora é tabelado em R$ 35.990. Inicialmente, esta configuração chegou a ser anunciada em pré-venda por R$ 34.990, mas desde o lançamento é vendida por R$ 35.390, já que o sistema de som (até então oferecido à parte por R$ 400) foi incorporado com item de série.

Leia também:

O aumento foi aplicado apenas nesta configuração intermediária e não trouxe alterações de conteúdo. De série, o Kwid Zen segue oferecendo quatro airbags, fixação Isofix, direção assistida elétrica, ar-condicionado, travas e vidros dianteiros elétricos, além do referido rádio com conexão Bluetooth. Sob o capô, o motor 1.0 SCe de 3 cilindros desenvolve 66/70 cv de potência e torque de 9,4/9,8 kgfm. De acordo com dados do Inmetro, o consumo em ciclo urbano é de 15,2 km/l com gasolina e 10,5 km/l com etanol.

 

Renault Kwid Zen 1.0 Motor1 BR

 

No último mês de agosto, o Kwid emplacou 2.890 unidades e figurou entre os 20 mais vendidos do mercado. Setembro será o primeiro mês cheio de vendas para o modelo e a briga com rivais como Fiat Mobi e Volkswagen Up! promete esquentar.

Fotos: arquivo Motor1

Seja parte de algo grande

Renault Kwid Zen 1.0 Motor1 BR

Foto de: Rafael Munhoz