Sportage é o modelo preferido.

A menos de 120 dias do fim do Inovar-Auto, o maior desejo das 18 marcas filiadas à Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores), as vendas de veículos novos registraram um pequeno crescimento de 4% em relação a julho. Foram 2.821 veículos novos, número, no entanto, 3,9% inferior ao mesmo período de 2016. No acumulado de 2017 (18.822), a retração é de 23,1%.

"Não estamos comemorando, mas o fim do Inovar-Auto é um alento para o setor de veículos importados, que poderá vislumbrar a possibilidade de retomar suas vendas. Chegamos ao auge de 199 mil veículos licenciados em 2011, caímos para 35 mil no ano passado e nossa previsão é fechar o ano com 27 mil unidades. Com o fim dos 30 pontos percentuais do IPI, o setor projeta recuperação. Podemos chegar a 40 mil unidades em 2018", diz José Luiz Gandini, presidente da Abeifa.

 

Leia também:

Com 386 unidades, o Kia Sportage foi o modelo mais vendido no mês passado. A surpresa ficou por conta da vice-liderança do recém-reestilizado Lifan X60, com o novo Volvo XC60 (242) completando o pódio, seguido de perto pelo JAC T5 (238) bem próximo.

Destaque para a oitava posição do Range Rover Sport e seus 78 emplacamentos. Dos dez mais vendidos, aliás, nada menos do que sete foram SUVs/crossovers – as exceções foram o sedã Kia Cerato (196), o utilitário Kia Bongo (166) e o sedã compacto Lifan LF 530 (67).

 

MODELOS (PRODUÇÃO IMPORTADA)

  1. Kia Sportage 386
  2. Lifan X60 276
  3. Volvo XC60 242
  4. JAC T5 238
  5. Kia Cerato 196
  6. Suzuki Vitara 170
  7. Kia Bongo 166
  8. Range Rover Sport 78
  9. Jaguar F-Pace 70
  10. Lifan LF530 67

 

MARCAS (PRODUÇÃO IMPORTADA)

  1. Kia 847
  2. Lifan 383
  3. Volvo 352
  4. JAC 258
  5. Suzuki 234
  6. BMW 213
  7. Mini 157
  8. Land Rover 148
  9. Jaguar 112
  10. Porsche 104

 

MARCAS (PRODUÇÃO NACIONAL)

  1. BMW 827
  2. Chery 473
  3. Land Rover 412
  4. Suzuki 241

 

Fonte: Abeifa

Seja parte de algo grande