Com novo design e câmbio automática de 10 marchas, esportivo chegou a 450 cv na versão V8

Acompanhando as mudanças de seu primo norte-americano, o Ford Mustang europeu recebe reestilização extensa para 2018 - e o resultado será revelado no Salão de Frankfurt (Alemanha), que começa nesta terça-feira (12). Ainda esperamos pelo muscle car, que começará a ser vendido no Brasil no fim deste ano, com entregas marcadas para o início do ano que vem.

A grande novidade é o aumento na potência da versão V8 - que passou de 416 cv para 450 cv, enquanto o 2.3 EcoBoost de quatro cilindros ficou menos potente, passando de 317 cv para 290 cv. Segundo a Ford, tiveram que alterar a potência por causa da nova regra de emissão de poluentes, que exigiu um novo filtro de partículas. Apesar disso, o Mustang 2.3 está tão rápido quanto antes, pois recebeu uma nova função overboost combinada ao novo câmbio automático de 10 marchas.

A função Line Lock da Ford, que trava os freios das rodas dianteiras para permitir que os motoristas façam burnout e queimem os pneus traseiros, também está disponível para o modelo com motor de quatro cilindros pela primeira vez.

2018 Ford Mustang (Euro-spec)
2018 Ford Mustang (Euro-spec)
2018 Ford Mustang (Euro-spec)

Enquanto a suspensão dos modelos normais foram reajustadas, com amortecedores revisados e barras anti-rolamento mais grossas, a Ford também oferece a suspensão Magneride como opcional. Os motoristas podem mexer com os amortecedores magneto-reológico através de uma série de novos modos de condução, além do bem pensado modo "Good Neighbour" (bom vizinho, em inglês), que reduz o barulho quando estiver em uma zona residencial durante a noite.

Várias mudanças cosméticas foram feitas, incluindo frente mais agressiva e traseira remodelada, com quatro saídas de escapamento para a versão V8. Pela primeira vez, uma asa traseira está disponível como opcional. Por dentro, há mais superfícies macias ao toque, enquanto a central multimídia com tela de 12 polegadas substitui boa parte dos botões.

 

Leia também:

 

"A paixão da Europa pelo Mustang provou ser ainda maior do que imaginávamos - quase 30 mil Mustangs estão levando uma das visões mais icônicas do mundo automotivo às ruas do continente," diz Steven Armstrong, vice-presidente do grupo Ford e presidente da divisão para Europa, Oriente Médio e África. "Há poucos carros nas ruas que trazem uma combinação de herança, estilo e desempenho para um público maior. O novo Ford Mustang oferece o pacote mais interessante."

Para a Europa, o Mustang reestilizado deve ser revelado por completo, com preços e versões, apenas no final de 2017, com entregas marcadas para 2018. No Brasil, sabemos que virá somente na configuração V8, a mais cara, e que a pré-venda será iniciada no fim deste ano. Ainda não falam em preços, mas podemos esperar por algo na faixa dos R$ 300 mil.

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande

Ford Mustang 2018 (Europa)