Novo SUV será vendido no Brasil em 2018 para competir com BMW X1 e Mercedes-Benz GLA

A Volvo deixou a poeira dos lançamentos de Frankfurt baixar para apresentar o XC40, seu novo SUV de entrada que toma o lugar do XC60 (que ficou maior e mais refinado) na briga contra BMW X1, Mercedes-Benz GLA e Audi Q3. Como já esperado, ele traz muito dos irmãos maiores no desenho e equipamentos, e estreia a nova plataforma CMA (Compact Modular Architeture) de modelos menores da marca. Ainda deverá dar origem a um sedã, o novo S40, para concorrer com o Audi A3 e o futuro Classe A Sedan.

 

Volvo 40.1 Concept
2018 Volvo XC40

Por fora, as linhas mantêm bastante do que foi visto no conceito Volvo 40.1. Como acontece com o XC60 e o XC90, ele chama a atenção e coloca a marca sueca em um novo caminho de design, saindo do tradicionalismo que marcava os modelos anteriores. Por dentro, temos a tela central de 9" para comandos do sistema multimídia e diversas funções do carro, como ar-condicionado e auxiliares eletrônicos. O painel de instrumentos é em tela TFT configurável, como nos irmãos. 

2018 Volvo XC40
2018 Volvo XC40

O novo Volvo estreia uma nova variante de motorização, a T3, com motor 2.0 turbo de 147 cv, tração dianteira e câmbio manual de 6 marchas (automático também de 6 velocidades opcional). Com o mesmo 2.0 turbo em outras configurações, a T4 tem 190 cv e a T5, 247 cv, sendo estas equipadas com câmbio automático e tração integral. Há as opções diesel, com 150 cv (D3, manual) e 190 cv (D4). No futuro, haverá versão híbrida e um novo motor de 3 cilindros.

O XC40 mede 4,43 m de comprimento, 1,63 m de altura, 1,86 m de largura e 2,70 m de entre-eixos, com 460 litros de porta-malas (que chega aos 1.336 litros com bancos rebatidos). O BMW X1, seu principal rival, mede 4,40/1,61/1,82/2,67 m, respectivamente, com 505 litros de porta-malas. 

 

 

A versão de entrada, Momentum, já vem de série com faróis de LEDs, ar-condicionado de duas zonas e rodas de 18", além da tela de 9" da central multimídia. A R-Design adiciona acabamento interior com alumínio e kit exterior mais esportivo, com dupla saída de escape e suspensão mais rígida. Na topo Inscription, há porta-malas com tampa elétrica, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e madeira no interior. 

Como opcional, o "Pilot Assist" junta piloto automático adaptativo e assistente de faixa até os 130 km/h para uma condução semi-autônoma, como já acontece no XC60 e XC90. 

 

 

O novo Volvo XC40 será produzido na Bélgica e, quando chegar ao Brasil (confirmado para entre março e abril de 2018), deverá brigar na faixa dos R$ 160 mil a R$ 200 mil, contra o BMW X1 e demais concorrentes. 

Fotos: divulgação

Seja parte de algo grande

Lançamento - Volvo XC40