Com outro modelo, a Puma traça planos fora do Brasil

O retorno da Puma dá mais um passo. Depois dos primeiros desenhos, a empresa exibiu aos interessados as formas definitivas do GT Lumimari, a versão de rua da releitura do clássico brasileiro. Ainda não fisicamente, algo que deverá acontecer em dezembro, mas as projeções mostram mais detalhes e as formas definitivas tanto de exterior quanto interior. 

Leia também:

O Lumimari será uma edição comemorativa deste retorno. Com apenas 10 unidades fabricadas (e quase todas já vendidas), usará motor 2.4 de 180 cv, com preparação desenvolvida pela própria Puma com componentes próprios, instalado em posição traseira-central, colaborando na distribuição de peso. O chassi é tubular e a carroceria será de fibra de vidro e carbono, garantindo peso total de 915 kg.

 

 

O carro de rua traz a essência do protótipo, muito visto em desenvolvimento em autódromos do Brasil. Dele, usará a mesma suspensão com componentes Bilstein e Eibach específicos para a Puma, acompanhados de rodas de 17" com pneus 225/40 (dianteira) e 255/45 (traseira) fornecidos pela Pirelli, modelo PZero Trofeo. Os freios são a disco nas 4 rodas, com pinças com 4 pistões cada. A transmissão é manual, de 6 marchas, com tração traseira. O GT Lumimari será, praticamente, um carro de corrida para as ruas. 

Por dentro, bancos concha e uma central multimídia que será também um local de controle do carro. Com 5 modos de condução diferentes, o esportivo terá calibrações diferentes para cada situação e com livre escolha com toques na tela. A eletrônica embarcada é um dos destaques do novo carro, além do estilo que relembra os clássicos, chamando a atenção o detalhe na coluna "C", com as entradas de ar em forma de "guelras de tubarão". 

O GT Lumimari custa R$ 150.000 (parcelado em 15 vezes) e dá ao proprietário uma série de vantagens, como revisão e manutenção gratuitas na Puma, acesso ao processo de produção do carro e de desenvolvimento de novos modelos, troca do carro por um novo (quando for lançado) sem custos, e outras prioridades. 

 Rumo aos Estados Unidos?

Segundo fonte da Puma, há planos de ida aos Estados Unidos. Com a aceitação do público brasileiro, a marca quer participar de competições no exterior com seu carro de pista e vender um novo modelo no mercado americano. O mesmo vale para o Brasil, que poderá ver um novo Puma nas ruas além do GT Lumimari. 

Projeções: Du Oliveira

Seja parte de algo grande