Renegade 1.8 completão encosta no preço do Compass 2.0 de entrada e instaura a dúvida

Não sabe se casa ou compra uma escova de dente? Calma, você não está sozinho em suas indecisões. A vida é feita de escolhas, e nós estamos aqui para te ajudar com seus dilemas - ao menos os automotivos. Por isso, além dos nossos tradicionais comparativos entre carros de diferentes marcas, a nova seção "Briga em casa" vai tratar de inimigos que dormem lado a lado, ou melhor, que são feitos pela mesma marca.

Para estrear, começamos com a briga mais comentada do momento: o Jeep Compass de segunda geração chegou com preço de partida que esbarra no irmão do menor Renegade em sua versão mais completa (estamos falando dos modelos equipados com motor flex e tração dianteira). O menor oferece a nova versão Limited na linha 2017, que trouxe motor 1.8 repaginado e vem recheada de equipamentos, por R$ 97.990. Do outro lado, por R$ 99.990, o Compass Sport tem motor 2.0 mais forte, é maior e mais espaçoso, mas não oferece tantos "mimos". 

 

Jeep Renegade Limited 2017

 

Então, comprar um SUV compacto recheadão ou um SUV médio mais espaçoso? Mostramos a seguir o que se encaixa melhor nos seus desejos e necessidades:

Compre um Renegade se...

  • Quer um carro completão

O Renegade Limited era um pacote de equipamentos que agora virou versão na linha 2017, e pode ser identificado facilmente pela grade dianteira, capa dos retrovisores e rack do teto pintados de prata. Seu apelo está na farta lista de equipamentos de série, como ar-condicionado digital de duas zonas, faróis de xenônio, rodas de aro 18", bancos de couro, quadro de instrumentos com tela central de TFT, retrovisor interno fotocrômico, retrovisores com rebatimento elétrico, acendimento de faróis e limpadores automáticos, abertura e partida com chave presencial, e borboleta no volante para trocas manuais de marcha, entre outros itens.

 

Jeep Renegade Limited 2017

 

Isso tudo é complementado pelo pacote que o Compass Sport também traz: luz de condução diurna DRL, conjunto elétrico (vidros, travas e retrovisores), direção elétrica, central multimídia com tela de 5" sensível ao toque e GPS, freio de mão elétrico, controle de estabilidade e computador de bordo.  

  • Procura "economia" de combustível

Nem Renegade nem Compass são os SUVs mais econômicos do país. Mas, no caso do compacto, ele recebeu melhorias no motor 1.8, como coletor de admissão variável - para melhorar as respostas em baixas rotações - alternador mais eficiente e sistema start-stop. Ganhou 7 cv, chegando aos 139 cv, e significativa melhora no desempenho e consumo.

 

Jeep Renegade Limited 2017

 

Em nossas medições, comparado ao 1.8 "antigo", o Renegade 2017 fez a aceleração 0 a 100 km/h sair dos 13,8 s para 13,1 s, e o consumo urbano ir para os 6,8 km/l, contra 6,0 km/l, enquanto o rodoviário chegou aos 10,3 km/l contra 9,6 km/l de antes, sempre usando etanol. 

  • Prefere o visual retrô

O Renegade tem um estilo diferente de seus principais concorrentes diretos, como o Honda HR-V, Nissan Kicks e, agora, o Hyundai Creta. Mais quadrado, ele lembra seus antepassados em diversos detalhes, como os faróis redondos, a grade de sete filetes e os easter-eggs espalhados pela carroceria e interior. Lembra mais um Jeep que o próprio Compass. 

  • Quer um carro mais prático

Sou testemunha. Colocar o Compass na vaga, por exemplo, do meu prédio, exige mais manobras que no Renegade. São 4,42 m contra 4,23 m para passar entre as pilastras e os carros dos vizinhos. Por mais que ambos contem com câmera de ré, o irmão maior exige mais habilidade e atenção. O mesmo vale para o trânsito e os estreitos corredores nas avenidas. 

Compre um Compass se você...

  • Valoriza desempenho

Importado do México, o motor 2.0 Tigershark é um dos mais modernos propulsores da FCA. Com construção em alumínio, duplo comando variável e outras tecnologias, oferece o desempenho que falta no 1.8 do Renegade, mesmo em um carro mais pesado como o Compass. Leva com tranquilidade os 1.527 kg do SUV médio, enquanto o 1.8 sofre mais para levar os 1.469 kg do Renegade. Basta ver as nossas medições em pista, quase todas com vantagem para o Tigershark. Pena que o freio sente o peso a mais nas costas do Compass. 

  • A família é grande

Se o Renegade sempre teve seu ponto fraco no porta-malas de carro pequeno, o Compass aposta na família. Há espaço de sobra na cabine, com seus 2,64 m de entre-eixos (2,57 m do Renegade), e 410 litros no porta-malas, contra 273 litros do irmão menor. 

 

Jeep Compass x Honda Civic

 

  • Gosta de visual moderno

O Compass tem alguns detalhes que o identificam como um Jeep, como os sete filetes na grade. Mas seu desenho é mais moderno, arredondado, cheio de linhas e curvas, num conjunto que lembra o Grand Cherokee. Nem parece feito na mesma fábrica e plataforma do Renegade.

 

Jeep Compass x Honda Civic

 

  • Quer status

O Compass faz parte de um segmento acima do Renegade. Ele é maior e mais imponente no trânsito, parece mais caro. Mesmo com menos equipamentos, isso é importante para alguns compradores.Mais conforto? Sim, senhor

O Compass é mais confortável que o Renegade. O acerto de suspensão mais suave e seu entre-eixos maior dão mais conforto aos ocupantes, ainda que o Renegade também agrade neste ponto. Em termos de dirigibilidade, ambos contornam curvas com facilidade e segurança, além de ficarem bem postados à estrada. 

 

Jeep Compass x Honda Civic

 Conclusão

Filhos da mesma mãe, Compass e Renegade parecem ter sido criados em escolas diferentes. Ambos seguem caminhos distintos na maior parte dos aspectos. Da educação de casa, herdaram bom acabamento, estrutura sólida, conforto e dirigibilidade. Se você não faz questão de muitos "mimos" ou curte muito o design do Renegade, o Compass é uma compra mais interessante por R$ 100 mil. 

 Fichas técnicas

  Jeep Renegade Longitude 1.8 flex Jeep Compass Sport 2.0 flex
MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, 1.747 cm³, comando único com variador de fase, coletor de admissão variável, flex dianteiro, transversal, 4 cilindros, 16 válvulas, 1.995 cm³, duplo comando, duplo variador de fase, flex
POTÊNCIA/TORQUE 135/139 cv a 5.750 rpm / 19,3/18,7 kgfm a 3.750 rpm 159/166 cv a 6.200 rpm/ 19,9/20,5 kgfm a 4.000 rpm
TRANSMISSÃO automática de seis marchas, tração dianteira automática de seis marchas; tração dianteira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e independente Chapman na traseira independente McPherson na dianteira e traseira
RODAS E PNEUS alumínio de aro 18″ com pneus 225/55 R18 alumínio de aro 17" com pneus 225/60 R17
FREIOS discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS e EBD discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS e EBD
PESO 1.469 kg em ordem de marcha 1.527 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.232 mm, largura 1.798 mm, altura 1.705 mm, entre-eixos 2.570 mm comprimento 4.416 mm, largura 1.819 mm, altura 1.638 mm, entre-eixos 2.636 mm
PORTA-MALAS 273 litros 410 litros
PREÇO R$ 97.990 R$ 99.990

 Medições Motor1 Brasil

  Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex Jeep Compass Sport 2.0 Flex
Aceleração    
0 a 60 km/h 5,6 s 5,2 s
0 a 80 km/h 8,6 s 8,0 s
0 a 100 km/h 13,1 s 11,6 s
Retomada    
40 a 100 km/h em D 10,6 s 11,4 s
80 a 120 km/h em D 10,4 s 8,8 s
Frenagem    
100 km/h a 0 42,8 m 44,8 m
80 km/h a 0 26,7 m 28,1 m
60 km/h a 0 14,9 m 15,7 m
Consumo    
Ciclo cidade 6,8 km/l 5,5 km/l
Ciclo estrada 10,3 km/l 8,0 km/l

Seja parte de algo grande